fbpx

Landing Page: por que a sua escola precisa dela?

A Landing Page é mais uma ferramenta essencial do Marketing Digital devido às suas altas taxas de conversão. Você pode encontrá-las com outros nomes como Páginas de Conversão, Página de Destino ou Páginas de Aterrissagem (numa tradução mais literal).

Independentemente do nome que você encontrar, ela sempre terá a mesma função – a conversão de leads; para as instituições de ensino – futuros alunos.

A conversão dentro do Marketing Digital pode ser entendida como “ação do usuário”, ou seja, quando uma pessoa se cadastra para receber um conteúdo específico (e-book, por exemplo), quando ela assina a newsletter, ou solicita uma bolsa de estudos, claramente ela está demonstrando interesse pelo seu produto.

E ao trocar as suas informações pelo seu material, você tem então possível cliente.

Nessa etapa a gente deve conversar também sobre o “funil de vendas”, que são as etapas que essa pessoa – lead – vai passar. Quanto mais interesse você despertar, mais ela vai avançando dentro desse funil. A etapa final consiste transformar esse lead em cliente.

Exemplificando: A sua instituição produz um e-book sobre o Ensino Híbrido – um aluno que está buscando essa metodologia encontra o e-book – ele então analisa a ‘proposta’ e se cadastra para receber o conteúdo – esse material rico leva o aluno a entrar no seu site e pesquisar sobre a instituição – o aluno escolhe se matricular num curso.

Tá, mas aonde a Landing Page entra nessa equação?

A Landing Page faz parte do início do processo, ela é uma ferramenta para você atrair esse aluno. É uma página desenvolvida exclusivamente para aquele propósito – no caso, divulgar o e-book sobre o Ensino Híbrido e converter o usuário em lead.

Como essas páginas são específicas para o material produzido, ela precisa seguir algumas regrinhas.

1- Título ou Headline

“Seu título é a primeira, e talvez única, impressão que você causa em um leitor em potencial. Sem uma promessa convincente que transforme um navegador em um leitor, o resto de suas palavras podem nem mesmo existir. Portanto, do ponto de vista do marketing de conteúdo, escrever ótimas headlines é uma habilidade crítica”.  (Copyblogger)

De acordo com uma pesquisa realizada por uma das maiores referências de escrita criativa, o Copyblogger, afirma que 8 em cada 10 pessoas que chegam em uma página só leem o título. Ou seja, o primeiro passo para o desenvolvimento de uma Landing Page de sucesso é, justamente, o título.

Por isso é importante que você transmita a mensagem principal de todo o conteúdo oferecido neste título, de maneira que você desperte a curiosidade do leitor para que ele continue na página e, consequentemente, ir para o seu site.

2- Descrição do conteúdo

Assim que você captar a atenção do futuro aluno, você precisará “vender seu peixe” – aponte os pontos principais do seu produto utilizando tópicos e textos pequenos!

  • Escolha os pontos mais fortes do produto;
  • Ressalte os principais benefícios daquele conteúdo específico;
  • Destaque os termos principais;
  • Utilize o vocabulário da sua persona.

3 – Imagens

É sempre interessante agregar imagens aos seus textos, além delas transmitirem uma mensagem complementar, elas funcionam como uma quebra estratégica ao longo do texto.

Nas Landing Pages elas funcionam como uma resumo do seu texto – pense nelas com carinho e não use qualquer uma, uma imagem genérica que “só é bonitinha”.

4- Formulário

O formulário é o ponto principal da conversão de fato – na grande maioria dos casos, pedir muitas informações afasta o usuário.

Pense na estratégia de marketing que você lançou para a publicação da Landing Page e relacione essa proposta com o seu público. Ex: Seguindo com o e-book de Ensino Híbrido, não faria sentido pedir para o aluno que busca essa metodologia de ensino preencher sobre a empresa que ele trabalha e o cargo que ocupa.

O pessoal da Resultados Digitais elaborou uma tabela bem interessante e intuitiva para quem vai montar uma Landing Page pela primeira vez – nós adaptamos ela para o caso de instituições de educação. Confira a seguir:

*Bônus*

Existem alguns outros elementos que você pode utilizar para incrementar a experiência do seu cliente – Senso de urgência e Prova Social.

Aposto que você já viu por aí um “cronômetro” para determinada promoção – “É só hoje”, “Válido só para os primeiros 50 inscritos”, “Matricule-se agora e ganhe XX desconto”. Despertar essa urgência funciona na grande maioria dos casos, desde que bem implementada e real!

Se aquela promoção é “válida só hoje” que seja então só “hoje” – nada de ficar esticando promoções e prorrogando datas!

A prova social funciona muito bem também, já que você mostra para o seu futuro aluno que a sua instituição tem tudo o que promete. Aqui vale pegar depoimentos de alunos, divulgação de atividades específicas, valorização do material utilizado…

E por último, mas não menos importante, não se esqueça da LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados!

Compartilhe este post nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Baixe nosso e-book e saiba porque a transformação digital é fundamental para sua escola

assine nossa newsletter e receba os conteúdos

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Este site utiliza cookies para oferecer a você uma melhor experiência na navegação.